Evangelista espancado por distribuir Bíblias corre risco de morte | Resgate Fm
» » » » Evangelista espancado por distribuir Bíblias corre risco de morte

Com apenas 2% da população professando o cristianismo na Índia, as notícias sobre o aumento da perseguição sempre causam temor. De fato, por questões políticas, os cristãos indianos vêm sofrendo muito mais dificuldades para pregar o Evangelho que qualquer outro momento na história recente.

Em Hyderabad, capital do estado de Telangana, a perseguição generalizada de cristãos tornou-se a norma nas últimas semanas. O grupo extremista hindu Vishwa Hindu Parishad (VHP), liderou o espancamento público do evangelista Kusuma Anjeneya Swamy no final de janeiro.

Desde então, ele está na UTI entre a vida e a morte.

Aos 47 anos, Swamy sofre com uma hemorragia cerebral, consequência das agressões que sofreu enquanto distribuía Bíblias nas ruas da cidade. Após os radicais do VHP terem-no cercado e agredido, há relatos que ele também apanhou da polícia. Sua família está pedindo intercessões pela sua vida, pois os médicos não estão otimistas que ele irá se recuperar.

O ataque gerou revolta na comunidade cristã da Índia, que busca encontrar maneiras de continuar professando livremente sua fé. Testemunhas contam que o evangelista estava em uma esquina, oferecendo exemplares de Bíblias e Novos Testamentos quando um grupo de homens o cercou e acusou de “falsa propagação religiosa” por que seus folhetos traziam uma mensagem que contrariava o que ensina o hinduísmo.
“Nós vamos queimá-lo, e queremos ver se Jesus virá salvá-lo das chamas”, gritou um dos homens. “Você e os membros da sua família morrerão se você continuar fazendo isso”, afirmou outro, conforme contam as testemunhas do crime, afirma o site CBN.

Swamy foi brutalmente agredido, mas conseguiu fugir até uma delegacia. Contudo, os policiais não o ajudaram e ainda o agrediram. Eles também o ameaçaram de prisão caso não parasse de distribuir literatura cristã. Ele ficou detido por horas para dar “esclarecimentos” e como não foi tratado a tempo, acabou sofrendo uma hemorragia cerebral, lamenta a esposa, K. Sujatha.

Ela contou ao International Christian Concern: “Fiquei chocada quando recebi um telefonema no início da noite no sábado. Disseram que meu marido teve uma hemorragia cerebral e foi levado às pressas para o hospital, mas ele não tinha um histórico de problemas de saúde”.

Para Sujatha, o que aconteceu foi consequência das agressões.

A ONG Rede Ativista de Cristãos Indianos emitiu no início do ano um relatório mostrando que em 2016 foram 12 mil casos de agressões contra cristãos no país, incluindo estupros, agressões e mortes. O número é 300% maior que os casos de 2015.

GospelPrime

Postado Por Resgate Fm

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta